Body Combat… Estou de Regresso

Nunca fui em miúda muito apaixonada pelo desporto, ir para a educação física para mim na escola era um tormento, por causa dos meus óculos e das bolas voadoras que pareciam mísseis telecomandados para a minha cara. Posso no entanto dar-me por sortuda por ter tido no meu tempo de menina estudante professores que foram uma inspiração e um apoio sempre presente.
Aprendi a gostar da sensação de esgotamento físico depois do desporto quando comecei a fazer equitação, natação e Fujitsu (eram desportos nada considerados cor de rosa e por isso apreciados por mim).
Quando voltei de África para Portugal, voltei a ter a sensação de perseguição das aulas de educação física (aquilo era com certeza uma forma de tortura). Tive uma lesão grave que me impedia as artes marciais, e parei o desporto.
Voltei ao ginásio alguns anos mais tarde quando ao fim de subir alguns andares me senti como se tivesse corrido a volta a França em bicicleta sem paragens, e entrei para o Combat.
Quem conhece esta aula sabe que estar em forma é necessário e obrigatório pelo que não foi novidade para ninguém quando na manha seguinte me sentia como se tivesse sido atropelada várias vezes por um caminhão tire, foi no entanto uma sensação conhecida…e boa! Muito boa.
Por isso e após uma paragem de um mês para inventário nas mudanças que tem sido ultimamente a minha vida, volto hoje ao meu escape… físico… mental e psicológico.
E ao reencontro com o velho camião que espera sempre na moita, para quando o meu regresso destas paragens acontece ele tenha uma nova viagem…..
Advertisements

Posted on October 6, 2010, in Libertação da mente... Never surrender.. Bookmark the permalink. 2 Comments.

  1. Tenho que começar por dizer, nunca devemos abandonar o que nos dá prazer seja de que forma for.
    Sei que para ti o combat para alem de um prazer é uma necessidade que é fundamental para o teu equilíbrio.
    Tenho que concordar com o que está escrito mas há uma coisa com a qual eu não concordo de todo.
    Excepto se me conseguires explicar.
    Como raio é que consegues esconder um camião atrás de uma moita?
    Pelo que sei uma moita se atingir um metro e meio de altura já é bem grande e tendo em conta que um camião terá pelo menos dois metros e meio de altura (um camião pequeno…) o dito estar atrás da moita faz confusão à minha mente pragmática.
    Mas percebi a ideia e muito bem…
    Mas esta minha mania para olhar para os detalhes é dos diabos…
    Beijos sorridentes

    Like

  2. O que Eu gosto de Body Combat! Acho que ,é de tudos os despostos o único que me vejo a fazer novamente!

    Fiz pouco tempo, mas o suficiente para me aperceber que queimar é mesmo ali, em que quando me despia a roupa pingava por todo o lado!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: