Dor de Alma!

“Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa protecção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles.” (Philip Ochoa)

Esta é uma frase que me toca pessoalmente, lida com olhos de ler, e não como nos dizia no meu tempo de escola uma professora de Português na diagonal tem muito que se lhe diga.
A verdade é que tenho andado doente com o tratamento que tenho visto ser feito aos animais ao longo deste tempo todo da minha existência.
Mas chego a triste constatação que ultimamente as coisas tenhem gradualmente vindo a piorar, nestas alturas as questões que me coloco, talvez para tentar refrear um pouco da imensa raiva que em invade e que sei por experiencia não ser boa quando chega aquele ponto que já não pode ser controlada, se a forma que as pessoas sentem de tentar ganhar controlo na sua vida de merda é fazendo mal a quem não tem voz para se defender.
Peço desculpa desde de já aos moralistas de caca que venham já em defesa das suas moralidades podres, dos direitos das crianças e dos idosos, não estou aqui a falar deles embora a indignação que sinto em ambos os casos possa atingir proporções dignas de tsunamis de raiva, não tenho paciência para genteca de valor inferior aos dejectos de um rato que batem no peito mas que no sossego do lar se esquecem da forma correcta de educar um infante ou do tom de voz suficientemente respeitoso com os idosos de suas famílias.
Falo dos animais que merecem respeito pelo que são, seres que nos dão tanto sem pedir nada em troca e que recompensamos com maus tratos e abusos.
São humilhados, mal tratados, ofendidos, usados.
Em testes químicos, apenas para o bem-estar deste ser supostamente superior aos demais, este ser mesquinho que permite constantes maus tratos, pelos serviços de medicina ou cosmética.
E quando tentam num acto desesperado defender-se desta espécie mesquinha e barbara, quando se defendem com a única coisa que podem, pois quem o deveria fazer se encontra demasiado preocupado em bater no peito num acto de “meã culpa!” são presos, esterilizados, considerados perigosos e eutanasiados.
Mortos em nome de um bem maior! De um poder maior!
Um bem maior, a ironia da frase é terrivelmente assustadora, um bem maior é o que se usa quando grandes barbaridades são cometidas, como no caso da perseguição dos judeus pelos Nazis. (Mais uma vez aqui aviso aos pretensos moralistas que não estou em comparações é um texto com as minhas ideias e os meus desabafos não gostam não comam).
Falta-me o ar quando vejo fotos de animais que mal se sustentam em pé depois dos abusos que são obrigados a suportar, fico enjoada com o que dizem os supostos jornalistas que retratam mais um ataque de um animal a uma besta que não soube respeitar o seu espaço, o seu território!
Mais sinto-me suja quando vejo a educação que se dá as nossas crianças hoje em dia por gente que não viveu e que acha que bifes e frangos nascem já embalados num supermercado, a falta de respeito com que elas tratam os animais enquanto os paizinhos assistem do seu palanque de superioridade genética.
E já não foi a primeira vez que tive de chegar a mão com mais força a pai e filho depois de uma tentativa de abuso de um animal a minha frente.
Estou cansada da espécie humana, desta mesquinha espécie que se acha superior a si mesma como membro dela… como se poderá comportar a quem considera inferior!
Termino com outra frase que gosto muito esta de Da Vinci… Uma mente iluminada
“Virá o dia em que a matança de um animal será considerada crime tanto quanto o assassinato de um homem.”
Que não demore muito!
Advertisements

Posted on November 16, 2010, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 12 Comments.

  1. Os homens…esses animais!

    Like

  2. Com as minhas desculpas aos animais…

    Like

  3. Boa noite, Utena… ))

    É, somos, sem dúvida, o pior dos animais… umas verdadeiras bestas, quando temos tudo para ser bestiais.

    Like

  4. Imagem fantástica complementada por um texto excelente!
    Parabéns!

    Like

  5. De novo sem mais nada a acrescentar ou melhor, que aqueles que maltratam os animais algum dia sofram o mesmo tratamento para aperenderem como é.
    Beijo

    Like

  6. M.
    A verdade é que quando se consideram os Homens animais sinto sempre um arrepio na espinha com a falta de respeito para com os animais…

    Like

  7. Bons dias Salvador,

    Bons olhos o vejam aqui pelo meu humilde espaço.
    É verdade o que diz e concordo.
    Temos tudo mas não o queremos ser… enfim

    Like

  8. Bom dia Luís,

    Obrigada pela visita e pelas palavras.
    Volte sempre
    🙂

    Like

  9. Beijos Mega,

    A verdade é que faz falta punições mais duras.

    Like

  10. Mesmo que demore pouco já é tempo a mais…
    A justiça anda atrasada…
    Beijinhos*

    Like

  11. Olá Tilida,
    Pois infelizmente é verdade.
    Beijinhos
    Já esclarecida right?
    😛

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: