Encontros de Alma

Sou uma amante da natureza, gosto do verde… da liberdade que ela nos traz.
Se por um lado amo de paixão o mar, e a frescura da sua água… por outro lado venero o verde da natureza. O verde, não todas as cores que encontramos consoante a passagem impiedosa dos 4 elementos (que infelizmente se sente cada vez menos).
Respeito Gaia e tudo o que ela nós da o mais possível e aceito tudo o que dela vem de alma limpa e coração liberto.
No meio disto e de todas as maluqueiras que possa ter tenho um amor fora do normal por um dos seus, para mim mais bonitos filhos, o Lobo.
Adoro tudo no animal, o seu porte, o facto de ser estratega, o seu cantar então fascina-me.
Sou apaixonada pela lua conforme já podem ter constatado em outras escritas minhas e como amante que sou deste astro da noite, tenho no lobo, um companheiro fascinante.
Faço meditação desde de muito nova, uma forma que encontrei de controlar muitas vezes o meu estado de espírito tempestivo e combativo. Após tanto tempo a minha mente tem como se um click que me permite ligar e desligar na totalidade ou parcelarmente quando preciso de repor energias, me debruçar sobre determinado assunto ou mesmo quando estou aborrecida de uma certa conversa e pura e simplesmente não me apetece ouvir. Também acontece e com certeza a todos vocês, não sou de fazer fretes mas infelizmente muitos deles são impossíveis de fugir e dá sempre jeito esta escapatória para o meu eu interior sem ninguém dar por isso.
Quando estou mais cansada, mais desgastada adoro ficar quieta no refugio do meu quarto a média luz, com velas acesas e um incenso de âmbar (adoro o cheiro que ele liberta) e no silêncio que se forma a minha volta ouvir o som do canto do lobo a lua… e se conseguir que nesse instante esteja a chover é ouro sobre azul… o completo e perfeito cenário para um reconforto e repouso da alma.
Existem muitas lendas em redor do lobo, acredito que cada lenda tem sempre um fundo de verdade, mas eu amo o lobo pelo que é. Pelo seu lado selvagem, pela sua liberdade, pela sua independência… pelo seu todo…
E acreditando eu em conhecimentos antigos, tão fortemente enraizados tão especialmente documentados na alma dos que vieram antes de nós… em que dizem que todos nós temos um guia animal que nos protege o meu é o lobo. Sei isso com uma certeza que se sente nos ossos, já o vi em sonhos… já senti o seu poder e a sua protecção.
Uma curiosidade que admiro nestes animais… quando sabem que o fim esta próximo entram no bosque sozinhos e esperam a morte com o altruísmo que os caracteriza em vida.
Por isso deixo aqui uma música que adoro… com imagens que arrepiam e que me fazem sorrir.
Que elas vos traga também um sorriso ao inicio desta semana, porque a vida até pode ser difícil, dura, injusta… mas é sempre tão boa de ser vivida…
Advertisements

Posted on November 22, 2010, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 8 Comments.

  1. O teu texto levou-me até Cesário Verde (e não foi pela cor…).

    Adoro a natureza. Admiro os lobos. Detesto os homens que os perseguem, matam e lhe poem coleiras…

    Se os faz sentir superiores…Coitados.

    Quem escreve como tu, sobre os temas que escolhes…Só pode ser boa gente.

    Há tão pouca. Um honra crescente para mim te ler.

    tens um efeito “repousante” em mim…

    Like

  2. M. após ler o que escreveste só posso dizer obrigada.
    Obrigada por me leres, por gostares, por te dar prazer… e pelo efeito que te provoca.
    Escrevo o que me vai na alma se o sentes dessa maneira é porque te reconheçes neles e tal como dizes que sou também és boa gente.
    Amo os lobos. O homem vai sempre ser homem e ser superior não é colocar uma coleira no que é livre mas sim a capacidade de quem é preso continuar a ser livre.
    E o lobo sabe ser… com alma… e quem como eu já olhou no fundo dos olhos de um lobo sabe que a alma que nele habita nunca pode ser presa…
    beijos

    Like

  3. Utena:

    Tenho um pastor almão (que não o papa…). Adoro-o. E adoro o modo como me olha e vê.

    Posso estar a divagar. Por vezes olho fundos nos olhos dele e quase que o sinto a recordar…A recordar quando era lobo… Sinto mesmo.

    E quase que lhe peço desculpa…

    (nota: o meu cão só tem coleira quando sai…De resto anda em pelo…)

    Prazer continuado…

    Like

  4. Já tive duas pastoras que infelizmente foram envenenadas… a crueldade desta especie de duas pernas e suposta inteligencia é surpreendente.
    Agora tenho 3 pequenos “lobos” que adoro… e de coleira so quando saem também…
    Coleira por coleira punha a alguma gente que anda por ai.
    Não sintas culpa não peças desculpa… de certeza que o teu pastor te ama com a intensidade que o amas a ele…
    😉

    Like

  5. Como sempre um texto delicioso mas que me fez recordar uma imagem de um anuncio num desses canais menos comerciais mas que nunca esqueci por ser extraordinário.
    Um individuo perdido na neve que acaba por cair de cansaço depois de ser seguido por uma matilha de lobos.
    A imagem seguinte é o acordar do individuo, depois de passar uma noite na neve mas devidamente quente e aconchegado pois os lobos envolveram-no para lhe dar o calor que ele necessitaria.
    Acho este um bom complemento para o teu texto.
    Um beijo

    Like

  6. Olá Mega,

    Sem duvida esse anuncio é delicioso… Mostra mais uma vez a grandeza destes animais maravilhosos.
    Beijos Uivados

    Like

  7. Vou protestar…Basta demorar um bocadinho e esses ou essas aí em cima escrevem logo o que eu queria dizer!
    Utena eu tenho muita imaginação,mas,como deves compreender,tenho que guardar parte para outras coisas e tal…
    Além disso eu sou ciumenta como o caraças e o Mega e a M não me fazem tantos elogios como a ti,ora eu que sou muito sensível posso até chorar…
    Mas pronto,reconheço que são mais que merecidos os elogios,mas eu queria ser eu a fazê-los primeiro…
    Olha,Utena,eu também gosto de incenso de âmbar…
    Utena continua a escrever sempre que é para eu aprender contigo…
    Beijos em processo de aprendizagem*

    Like

  8. Tilida,
    A imaginação é sempre em coisas e tal, e tal e coisas…
    O Ambar é maravilhoso, se gosta experimente o de jasmim também delicioso.
    Obrigada pelos seus elogios… fazem-me sempre ficar com um sorriso na cara.
    Beijos em processo de aprendizagem pois também aprendo muito consigo

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: