Corpinho ao manifesto

Hoje andei completamente excitada o dia todo… Fez-me lembrar o meu tempo de volta a escola depois das férias grandes… o estado de completa ansiedade que nos deixava com o nervoso miudinho… o conhecer colegas novos, sala diferente… a nova matéria… o terror do professor, se era bom divertido, ou daqueles agrestes de óculos pequeninos na ponta do nariz :)…È hoje voltei a ser menina, estive o tempo todo no meu trabalho ao “pé-coxinho” entre o olhar para o relógio e o tentar controlar a mente e entregar-me aos números (este é o meu trabalho que mantem o fio condutor com o passado) …
Pois é meus amigos voltei hoje ao combat… provavelmente ainda não definitivo mas depois da perspectiva de mercado que andei a fazer tomei a decisão de ir fazer um aula ao ginásio que tão bem impressionada me deixou, e deixem que vos diga…. Não tinha a menor ideia a falta que já me estava a fazer… foi uma lufada de ar fresco… o sentir a respiração ofegante… o suor a cair pelo meu corpo… a dor dos músculos… o achar que não conseguia mais mas mesmo assim ir para lá desse limite… foi como se a minha mente se desprendesse de um peso e o meu cérebro oxigenasse outra vez.
Claro que senti falta das minhas companheiras de “luta”, do companheirismo que temos… aquele leve olhar para trás acompanhado do virar de olhos quando estamos a pontos de deitar os “bofes” pela boca, acompanhado pelo sorriso que claramente diz… sei exactamente o que estas a sentir… o facto de termos isso com as colegas, o sabermos como actua a treinadora… a amizade que criamos é uma rede para nós… um ponto de apoio.
Mas quando treinamos num sitio que nos é desconhecido, numa aula dura como o Combat e ainda para mais com um homem, chegamos a conclusão, pelo menos eu chego, que o treino se torna mais intensivo e damos por nós a depender de nós mesmos, suspensos no arame onde a rede nos foi retirada e aí…. Ai aí é a loucura… a mente avança e damos por nós a pensar eu consigo muito mais… e o treino torna-se único e foi o que aconteceu hoje!
Foi único…. Intenso… duro… doloroso (trust me) doloroso como o caraças… mas agressivo… libertador. Just the way i like… (como a música).
E depois de uma hora desgastante, de um tempo no banho turco e de um banho quente fabuloso, quando sai para regressar a casa dei por mim encostada ao carro a olhar a lua e a pensar, que aquilo que eu tenho com as minhas amigas de ginásio, as minhas companheiras queridas vai estar sempre comigo, porque querendo ou não vai haver sempre alguma coisa que me vai fazer pensar… isto era para ser dividido com a menina X, ou este parar nesta faixa era ideal para o meu mexer de ancas com a treinadora… há coisas que não se perdem… que estão sempre preciosamente guardadas na memória.
Por isso foi com um sorriso cúmplice que regressei a casa… porque as pequenas coisas que importam são aquelas que têm capacidade de nos colocar esse estado de espírito melancólico mas tão bom.

Há e já agora o mais provável é eu me inscrever no ginásio foi um caso de amor a primeira vista e quem sou eu para não seguir  as paixões que tão raramente nos aparecem na vida?
E depois a piscina… o jacuzzi… tenho mesmo de voltar lá o mais rápido possível…
Vou a cama chama-me… e amanha o acordar vai ser duro… estou desejosa por ele…

Advertisements

Posted on January 20, 2011, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 12 Comments.

  1. Por mim…melhor: para mim: fico com a parte dos banhos:)

    Vejo que estás mesmo pronta para o “combat”…

    Vida nova:)

    Like

  2. Sabe, Utena, a minha vida é uma espécie de 'combat' todos os dias. Acabo o dia transpirado, moído, mas após o tal banho, a sensação de leveza é especial.

    Um bom dia ))

    Like

  3. Isso é que é adrenalina, bola para a frente, garra!
    Beijinhos,
    Sofia

    Like

  4. M.
    Os banho são um complemento… são o final ideal para depois de um treino duro.
    Estou quase quase… falta um danoninho
    beijinho para ti

    Like

  5. Salvador, para uma pessoas activa como é e que não tem medo do trabalho o banho após um dia exaustivo tem sempre aquele sabor especial.
    O treino para mim é escape…
    Obrigada pela visita
    :))

    Like

  6. Sofia,

    Tem mesmo de ser senão acabo por me consumir a mim mesma…
    Beijinhos

    Like

  7. Uma verdadeira delicia! Vais sentir a diferença. Garanto!!!

    Beijo,
    AL

    Like

  8. A.S.
    Sou maluca por combat parei por motivos de força maior…
    A diferença é palpavel mesmo..
    Beijos

    Like

  9. Aprecio quem lute até à exaustão das suas forças, até ficar extenuada com o corpo todo a latejar e a sentir os batimentos cardíacos na cabeça com a respiração ofegante em pano de fundo. Qto ao ginásio, tb ando à procura de um, mas com hidro combat

    Like

  10. A beleza do exercico +e mostrar-te que o teu limite esta mais além do que pensas.
    No entanto agora deixou-me curiosa… o que é um hidro combat?
    :))

    Like

  11. Quer msm saber? Isso só msm demonstrando dentro da piscina consigo :p

    Like

  12. Hummm uma proposta… tentadora!
    Nunca fui de fugir a desafios…

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: