Sabe bem momentos de pausa

Fotos-para-Tumblr-agoraNão tenho tido tempo nem cabeça para me debitar sobre o teclado do computador e dividir o que me vai na cabeça.

Não me apetece falar mais do mesmo… tenho andado saturada do mundo, da mentalidade mesquinha das pessoas.

Fico parada a olhar para as notícias…para as redes sociais e confesso que me sinto verdadeiramente exausta…mentalmente cansada.

Ele é listas VIP invisíveis, despedimentos fictícios (já que daqui a nada o tacho onde comem será somente outro), assembleias sem pés nem cabeça…perguntas confusas…esclarecimentos inexistentes… Mortes absurdas… vidas perdidas… nem o tempo ajuda com os seus ciclónicos ventos… definitivamente Gaia esta zangada! E no meio disto tudo, sinto me constantemente com a respiração em suspenso…tensa… dorida… seca!

E quando isso acontece o que me sai da ponta dos dedos é negro, pequeno…mesquinho! E isso porque existe em tudo o que faço uma fina e quase invisível teia de aranha que une os dedos… a mente… a fala ao coração.

Hoje, depois de deixar a minha avô em casa… após uma consulta médica que apenas me disse o que eu já sabia… dei por mim no carro a percorrer a marginal ao som dos Bee Gees, não sei porque mas as músicas deles sempre tiveram a capacidade de me fazer sorrir, enquanto conduzia fui dando por mim a relaxar… primeiro o maxilar, já que é difícil sorrir quando o estamos a ranger constantemente… depois o peito enquanto inspirava o ar do mar… os ombros enquanto observava o sol na água e as cores que produzia e embora isto tenha tudo um ar da maior piroseira possível a verdade é que me senti abençoada.

transferirAbençoada do amor que tenho na minha vida… de ter quem me diga todos os dias que me ama. Abençoada dos meus amigos… de ter trabalho… de estar a cinco minutos da paisagem mais bonita do mundo…. e com a vantagem de a puder escolher…mar…serra…campo… tudo ao esticar de uma mão.

Abençoada do país que tenho mesmo com todos os defeitos que o assiste. Abençoada por puder dizer o que penso… por puder escolher o que faço… abençoada até por puder reclamar de tudo e de todos.

Abençoada por puder amar quem quero… por ter quem me abrace…por ter comida na mesa.

Abençoada porque sou feliz e não sei… mas mais que isso? Abençoada porque posso ser, sem medos nem restrições, quem sou.

No fundo o que eu precisava e já sabia era uma pequena pausa. O engraçado é que até já existe publicidade a alertar isso, mas vivemos tão focados no que esta mal que nem disso nos damos conta!

Namasté

_()_

Advertisements

Posted on March 26, 2015, in Uncategorized. Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: