Coisas que não entendo

desapegoNo mundo onde vivemos, a ilusão de convivência é uma constante. Vivemos rodeados pelo que é virtual… uma vida virtual com amigos virtuais de virtual felicidade que na realidade se resume num nada.

O que eu vejo por entre as entrelinhas da vivência do que que me rodeia? Vejo solidão e egoísmo… vejo medo… vejo maldade… mas mais que isso vejo que deixamos de saber viver… de dar valor ao que realmente vale a pena.

Vendemos-nos por meia dúzia de minutos de fama… e no meio disso tudo ignoramos valores e menosprezamos virtudes.

Já não sabemos amar… já constataram esse facto? Deixamos de saber amar… porque o amor a cima de tudo é dar sem esperar nada em troca… é o mais nobre dos sentimentos… e na busca constante do que supostamente é perfeito, perdeu-se o norte ao que é real.

Procuramos a perfeição… o namorado perfeito… a casa perfeita… a vida perfeita… e na imperfeição da vida, vivemos assombrados por medos… medo de ficar sozinha…medo de não ser aceite…medo de viver.

E porque sentimos medo tornamos-nos egoístas e ao tornarmos-nos egoístas fazemos de tudo para não perder a perfeição na imperfeição das nossas vidas.

Chantagens emocionais é algo que me aflige… que me tira o ar quando assisto… a facilidade que manipula quem faz chantagem e a facilidade que é manipulado quem o é, torna-se assustador…

“se me deixares mato-me… se fores embora morro…se não me deres acabamos… se não me comprares deixo de gostar de ti… se… se…se…” assistimos a isso de uma forma tão natural hoje em dia que nos passa ao lado, mas não deveria…porque na realidade isto é a prova de um desequilibro mental tão grave que tem de ser ignorado embora que observado…tratado e muito sinceramente quando assim não é gera complicações gravíssimas.

Ao dizer que deve ser ignorado refiro-me ao facto que não pode nem deve ser alimentado… a chantagem emocional em nada difere de uma que envolva dinheiro…não acaba…tornamos-nos moscas presas na teia de uma gorda aranha…quanto mais nos mexemos mais enredadas ficamos.

Obrigar os outros a aceitar pontos de vista pessoais por meio de força, chantagem, trapaça ou manipulação subtil, também faz parte da nossa actividade emocional.

Buda

Pensem nisso…

Namasté _()_

Advertisements

Posted on April 9, 2015, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 4 Comments.

  1. E assim chegamos ao “Admirável Mundo Novo” sem que nos tenhamos apercebido! Tudo é virtual…se calhar até mesmo a nossa existência!

    Liked by 2 people

  2. estamos numa sociedade em que é mais importante “o que os outros acham” do que os valores correctos. estamos numa sociedade em que se valoriza mais uma foto a um sem abrigo e a rotularem de “arte” do que uma mão para ajudar esse mesmo abrigo … estamos numa sociedade em que as selfies dominam (juntamente com os selfies sticks) demonstrando o egocentrismo exarcebado do ser humano.
    concordo contigo … com isto e com tudo mais.

    Amo-te

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: