Compromisso…”descompromissado”

006V052QHU7Dizem por aí hoje em dia que já não existe compromisso… que as pessoas são livres de fazer o que lhes apetece, já que supostamente a vida é delas…

Nunca entendi certas coisas…amizades coloridas…relação aberta… serei antiquada?

Se por um lado não sou o que se espera do comum das mulheres…por outro sou o que de mais antigo se conhece no que diz respeito a certas atitudes.

Por exemplo enquanto as minhas amigas sonhavam com o “príncipe no cavalo branco”… o vestido de noiva e o obrigatório véu e grinalda… eu fazia equitação e sonhava com o que iria ser profissionalmente… o que iria fazer que pudesse causar diferença no mundo…. enquanto brincavam com as almofadas debaixo da camisola… eu era a médica que as atendia… se por um lado muito do que idealizei, a vida nem sempre se rege pelo que imaginamos, não se concretizou…por outro todas as promessas fúteis de contos de fadas e fidelidade eterna que ouvi não passaram disso mesmo…palavras tortas lançadas ao vento…

O compromisso não existe? A fidelidade será apenas uma palavra que encontramos no dicionário? E a existir será apenas e só quando nos interessa?

Vejamos o caso das redes sociais…tão em voga hoje em dia… se por um lado permite reencontrar quem já não vemos à muito ou falar com pessoas que nunca julgamos possível, por outro lado permite que exista “conversas”…encontros e outras coisas mais que em nada se coadunam com que deveria ser considerado compromisso.

E depois existe os outros casos…ou casos em que quando se esta comprometido mais gente vem atrás e alicia… e verdade seja dita tão culpado é quem fala como quem responde.

Eu por mim que valor nenhum dou a um papel e muito menos a uma anilha, já que anilhas colocamos aos pombos, observo o que se passa a minha volta e questiono-me quando foi que deixamos de dar valor ao compromisso… quando foi que deixamos de ter respeito com quem está do nosso lado… de ter respeito a nós mesmos…

E mais engraçado ainda quando foi que a fidelidade que deve ser mantida aquando do compromisso se adequa aos termos que nos interessam na altura… falar não é trair… verdade…mas não dependerá da conversa?…então a que se refere a traição? Apenas e só quando existe contacto da pele… e esse contacto limitasse ao contacto pele com pele quando não esta incluída a roupa ou a troca de fluidos também inclui o chamado “ósculo”?

Onde esta a linha que divide a vida própria e a nossa privacidade e identidade da libertinagem? E a existir quando pode ou deverá ser ultrapassada?

Estar com alguém apenas porque não sabemos estar sozinhos… será esse o lema dos tempos em que vivemos? E é suficiente para nos sentirmos completos?

Ou a entrega quando é feita deverá ser de toda a alma, espírito e coração?

Namasté _()_

Advertisements

Posted on April 16, 2015, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 4 Comments.

  1. Quando se ama verdadeiramente, é com alma, coração, espírito…não se ama de outra maneira…
    Amo-te

    Liked by 1 person

  2. Uma traição acontece quando existe envolvimento emocional. Quando uma terceira pessoa passa a ser o confidente e aquele ou aquela que se apresenta como detentora de todas as soluções. Só depois acontece o envolvimento físico ou não.
    Não será que a sétima arte, as séries e telenovelas mudaram a concepção de relacionamento íntimo? Creio que sim. É passada a imagem de que relacionamentos são como camisas, quando está suja muda-se ou compra-se uma melhor.
    Sou filha de um casal separado por causa deste tema, infidelidade. E ao contrário do que se possa pensar os meus pais eram um casal aparentemente harmonioso até ao dia em que a vaidade surgiu. Até ao dia em que as discussões tomaram conta do ambiente do lar. Até ao dia em que ele bateu com a porta e nunca mais voltou. Encontrou a pessoa ideal? Não sei. Se assim tivesse sido teria partido para o divórcio e, certo é, que passados 14 anos nunca aconteceu.
    Resumindo e baralhando: Gerando infelicidade jamais se consegue ser verdadeiramente feliz.

    Beijinho

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: