Dou por mim a pensar

Hoje pela manhã enquanto tomava o pequeno almoço dei por mim a desfolhar as páginas da revista “Vidas” do brilhante exemplo de jornalismo do “Correio da Manhã”… Na capa a imagem de Cuca Roseta com o titulo “Criei o meu filho sozinha”.

Nada contra Cuca e muito menos lhe quero aqui tirar o valor por realizar tamanha faceta… mas dei por mim a pensar, quantas mães coragem deste Portugal o fazem e quantas têm honra de destaque no jornal?

Títulos sensacionalistas… ou melhor… jornalismos sensacionalista “agasta-me” a almmae-shutterstock405x2701a… sério que sim! Faz-se tudo e mais umas botas para ganhar mais uns cobres! Cuca é uma excelente fadista… uma miúda polivalente e que agora até participa em mais um dos 500 mil programas de talentos da nossa televisão então porque usar uma frase chavão como se fosse único e exclusivo quando imensas mulheres todos os dias têm a seu cargo o papel de mãe e pai? Não será ofensivo para elas que todos os dias se levantam de madrugada…trabalham de sol a sol… que mantém as muitas vezes mais que um  trabalho para proporcionar tudo aos seus filhos?

Mulheres que lutam todos os dias contra o preconceito no trabalho… que fazem das tripas coração para disciplinar as suas crianças… que chegam exaustas a casa mas que ainda os mimam… os ajudam nos trabalhos… que vão assistir aos treinos de futebol…as aulas de ballet… as lições de natação…aos recitais… e que ganham muito menos que ela?

Mulheres que muitas vezes mesmo juntas com os pais das crianças tem de assumir o papel sozinhas porque para se puder dar uma vida mais condigna os maridos emigram…passam dias…semanas…meses…fora? E que tem de o fazer e mesmo assim manter na mente das crianças que os pais não os deixaram de amar mas que a vida obriga a separação?

Para este jornal que ilustra em letras “garrafais” tamanho feito o que tem Cuca a mais que as milhentas mulheres que realizam esse árduo trabalho todos os dias? Mais holofotes? É isso que conta? Que a faz merecer destaque?

imagens-de-flores-3Ás mulheres deste pais que educam os seus filhos…que o fazem com um sorriso no rosto e uma lágrima no coração… que ocupam o cargo por estarem sozinhas…por ter de ser…porque não há outra maneira… tiro-vos o chapéu…

A vocês que são anónimas nas ruas do meu país…que por não aparecem 2s na televisão ninguém se lembra nem refere? O meu aplauso….

Que todas as noites mesmo exaustas do dia ainda brincam… ainda riem…contam histórias de encantar… que tornam o mundo mais colorido… o meu respeito!

Acreditem que mais tarde o que dão vos será retribuído… não por fama…por 5m de fama… mas por aqueles a quem tudo deram… mesmo anónimas nas ruas deste mundo.

Quanto à Cuca não lhe tiro o valor…nem lhe menosprezo o sacrifício…  apenas não tolero certas coisas que para engrandecer uns se esquecem de outros… neste caso outras… as verdadeiras heroínas… as reais famosas!

Namasté _()_

Advertisements

Posted on April 19, 2015, in Uncategorized. Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: