Nos olhares que se escondem

tumblr_lx7l2j8vcq1qdrkyko1_500Em pleno séc. XXI e é assustador o que ainda se esconde por detrás das fachadas, enganosamente alegres, das casas por onde passamos.

Cada um tem os seus problemas é um facto, mas a verdade é que pior do que aqueles que causam o mal, são aqueles que o vêm e fingem não ver, num olhar dissimulado para o céu ou para o telemóvel, como se por esse motivo não tivessem de lidar com o assunto.

No época de suposta evolução da nossa espécie, ou dizem que de isso se trata, nunca se ouviu falar, como agora de mortes, agressões, chantagem emocional… rebaixa-se o outro da mesma forma que se amachuca o papel de uma pastilha elástica enquanto se atira para o chão… o papel e a dignidade de quem lida connosco.

Tudo vale…tudo é permitido (ou primitivo) desde de que a tua liberdade não entre em atrito com a minha…desde de que não veja o que se passa por entre as fachadas alegremente dissimuladas pelas cores alegres das cortinas que esvoaçam por entre as janelas semi-abertas de vergonha e tristeza.

O medo…esse bicho papão que nos impede de andar pelas nossas próprias pernas, que nos tira a capacidade de raciocinar… de ver que somos capazes….que sufoca toda e qualquer capacidade de luta…. se me perguntassem do que tens medo, eu diria do próprio medo… quase como se assumisse a personagem de Harry Potter que em confronto com o sem-forma assume que a forma que iria aparecer seriam os dementores… os sugadores da felicidade alheia que implementam o medo na mente… (confesso-me aqui assumidamente uma amante de Hogwarts… todos temos os nossos esqueletos no armário)

Em pleno Séc. XXI ainda existe quem mexa com esses medos… ainda existe quem brinque com a vida alheia da pessoa que esta ao nosso lado… julgava que conhecia apenas um caso…enganei-me…tomei conhecimento de outro…

Um ser humano que deixa o outro sem nenhum meio de subsistência apenas para que se veja dependente dele… que a obrigue a voltar porque não tem o que comer e que depois implementa esse medo de uma forma constante…

Se te fores embora vives do que? Vais morar aonde? Quem te vai valer? Não vales nada!

Não é um ser humano é apenas algo asqueroso que não merece o oxigénio que consome!

Um dos casos que conheço venceu o medo! Ganhou a batalha… apenas espero que este e todos os que se escondem por detrás das falsas fachadas consigam fazer o mesmo!

Por elas… por nós…pela raça humana que supostamente evoluiu a cada dia que passa!

Namasté _()_

Advertisements

Posted on August 3, 2015, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 2 Comments.

  1. essas coisas, esses violadores psicologicos, esses bandalhos, deveriam de sofrer em dobro o que causam aos outros. Às vitimas, espero que tenham coragem, porque irá sempre haver uma mão amiga, e lembrem-se que esses vermes vivem do medo que fazem aos outros, quando ninguém tiver medo deles, eles simplesmente desaparecem!

    Amo-te

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: