Sobre o tema igualdade

ng1009290_435x200Antes de começar para aqui a divagar deixem-me deixar bem claro que isto é apenas e só uma opinião minha, quem me conhece e me lê já algum tempo sabe que quando começo assim um texto ele tende a ser polémico, quem não me conhece fica desde de já avisado disso mesmo. Posto isto e já com o devido aviso antecipado, sigamos em frente.

Estava eu hoje a tratar das minhas unhas, sim porque não tendo paciência para “cenas de gaja” como se costuma referir a estes cuidados, para mim alguns são essenciais, mesmo quando me remexo 50.000 vezes na cadeira quando do nada brota a seguinte frase:

Vejam lá que queriam que a senhora fizesse as unhas com um homem e ele também faz depilação

Pensei comigo mesma… Está calada Utena Maria, eu juro que devo ter de cada lado do ombro um anjinho e um diabinho, mas ninguém me tira da ideia que o anjo tende a ser pior que o diabo e quando eu vou a ver já foi, ouvi-me a mim mesma a dizer:

Eu não vejo problema nenhum nisso, quer dizer não queriam igualdade? Ou a igualdade é só para nós mulheres… somos camionistas, taxistas, serventes das obras, pilotos, presidentes (não presidentas como tende a ser dito), árbitros, porque não pudemos ser atendidas por um homem?

Gerou-se logo ali o burburinho, sabem aquele burburinho crescente… quase que se consegue ouvir as “roldanas do cérebro a girar furiosamente” enquanto pensam:

Ah eu não, Deus que me livre, não conseguia… ficar ali de pernas abertas a tirar os pelos…

Eu adoro um bom tema polémico, a sério… até me dá coceira na língua quando ele aparece, até porque modéstia a parte tenho sempre lenha para o manter acesso, rematei com:

Então e o ginecologista? A ele ainda abrem mais as pernas e é na boa?

Resposta:

Então mas ele estudou durante anos para isso, é médico… quer dizer…

Estão a ver a resposta certo?

Pera lá e vocês são amadoras? Então podem parar de me arranjar as unhas… se me disserem que a pessoa tem de ser avisada antes ainda aceito mais que isso não. Então e os homens que se depilam? Com as miudezas ao dependuro? Qual é a diferença? Eu prefiro mil vezes por exemplo um homem a fazer massagens. Tanta liberdade, tanta luta, tanto soutien queimado e agora é isto? Não é profissão para homem? Isso existe?

A resposta que obtive foi:

Ainda para mais quando saíssemos o que eles iam dizer… aquela tem pêlos ali… e menos acolá

Isso porque elas e nós como mulheres não o fazemos e ainda com maior requinte de malvadez. Certo!

Este texto todo, (eina testamento do caraças),embora real, foi apenas para abrir caminho a um pensamento, com tanta luta pela igualdade, tanto manifestação, tanto discurso inflamado continuamos presos a mesma mesquinhez de pensamentos e é isso que me deixa fula, nós mulheres a deitarmos abaixo aquilo que defendemos.

Não existe raça racional mais machista que a mulher. Duvidam?

Já não vou limitar o meu pensamento em relação a forma como as mães educam os filhinhos, muitos homens de hoje em dia são resultado da educação de merda das mães mas vejamos no trabalho, comem-se umas as outras só para ficarem bem na figura, deitam-se abaixo, prejudicam-se…vêm os homens fazer isso?

Com a história dos burkinis quem é que veio contra? Independentemente da vontade livre de se vestir como quisermos de quem partiu o maior escândalo?

Brincasse tantas vezes vezes que as mulheres só não conquistam o mundo porque não sabem o que vestir, quando na realidade o mundo já foi delas a tantos anos atrás e perderam esse poder.

As amazonas não são lenda, eram elas que partiam para a guerra e os homens ficavam a cuidar dos filhos e das hortas, porque os homens dão filhos até mais tarde… só as filhas das Rainhas poderiam assumir a realeza porque só da mulher se tem a certeza absoluta de ser progenitora não o homem… As prostituas reais (condição bastante respeitada) eram procuradas por homens de negócios a quem aconselhavam nas suas grandes decisões… perdeu-se o ímpeto de ser mulher porque na realidade nos é mais conveniente não ter de tomar decisões…

Eu por mim posso falar e assegurar que podem enviar o feminismo no cú, gosto que me abram a porta e me paguem as contas e me estendam o casaco quando está uma poça no chão… adoro ser admirada e observada porque sou segura de quem e daquilo que sou! Mulher!

E venha lá o primeiro dizer que faz melhor que eu qualquer tipo de trabalho, tenha ele o rotulo que tiver.

Namasté _()_

BTW não teria problema nenhum que fosse um homem a fazer-me depilação desde de que antecipadamente avisada, tal como não tenho problema em ir a um médico ginecologista ou ser atendida numa loja… da mesma forma confio numa empreiteira, uma taxista ou mesmo uma policia. Evoluam não como géneros mas sim como seres humanos já esta na altura não?

Advertisements

Posted on September 8, 2016, in Uncategorized. Bookmark the permalink. 2 Comments.

  1. Pumba…. tens a noção que vais ter uma data de haters (gajas) … a mulher é muito mais machista que o homem … e essa dos direitos iguais … quer dizer … só é igual para o que lhes convem !
    E venham mais textos e dissertações destas que nos fazem pensar e sair da caixa!

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: