Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito

Imagem Grátis de Mulher a Pensar em Face da Montanha

Penso que já várias vezes falei sobre este assunto, fui emigrante durante 10 anos, vivi numa terra que aprendi a amar, vivi numa terra que passava por tempos difíceis, com guerra civil, recolher obrigatório e leis que não lembrava o Diabo… com procedimentos macabros e desumanos. Vivi o racismo na pele e por isso penso que ganhei o direito de falar.

Sou branca (caucasiana é conversa para boi dormir), sou branca, ruiva e com um feitio de merda, e sofri de racismo, mas isso não é raça… não existe raça. Faz tanto sentido falar entre raças nos humanos, como faria sentido dizer que um leão cuja juba é inferior, pertence as minorias…

Ver o meu país passar pelo que está a passar nos dias de hoje, envolto na desculpa do racismo, do desrespeito às minorias, da falta de oportunidades deixa-me apenas com uma sensação… a de vómito. E ver pessoas a desculpar actos de terrorismo (atenção que terrorismo não é só o Ali Babá espalhar-se aos 4 cantos) com essas mesmas explicações não é só ignorante, mas de uma estupidez atroz.

E depois ler coisas como, “A bosta da bófia” de um assessor de um partido politico, que por acaso é preto… mas que podia ser amarelo, cor-de-rosa…e ainda ter quem o apoie… é ofensivo.

Tal como é ofensivo ver os homens e mulheres que largam o conforto do lar, os braços da família para irem defender quem os ataca… ver esses mesmos homens demorarem mais tempo a preencher impressos de detenção do que demoram os juízes do meu país a libertar criminosos, faz-me sentir vergonha…faz-me sentir vontade de lhes pedir desculpa. De os abraçar agradecer e pedir desculpa… pedir desculpa por ainda serem humilhados e desrespeitados e pior ainda…menosprezados.

Não sou contra os restantes membros da minha raça, por mim podem ter a cor que quiserem que eu vou continuar a não gostar deles… o que não posso admitir é que esses membros se escondam sobre desculpas de merda que sustenta a vontade de terem o que querem sem terem de lutar por elas.

A cor que nos pinta a pele não é sinónima de minoria, minoria não é sinónimo de pobreza e pobreza não é sinal de crime… sim eu sei que achar que todos temos a mesma oportunidade de vida é uma utopia…sim eu sei que quem tem dinheiro usa o elevador enquanto os restantes mortais sobem pelas escadas… mas isso meus caros não significa seres branco…significa que és verde… mas desculpar atitudes de autêntico terrorismo com essas desculpas é serem piores que eles e é demonstrarem que o mundo vai continuar a ser dividido entres eles e os outros… enquanto que na realidade deveria ser apenas englobado no nós!

Como dizia Albert Einstein:

“Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito”

Namasté _()_

Posted on January 24, 2019, in Uncategorized. Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

OMNIA IN UNUM

Trilhos definidos em horizontes indeterminados

loudness

magazine

Pseudo

Para o que der e vier!

O estranho mundo de Dom

...um mundo igual a tantos outros ... ou não !

Divas em Apuros

Um espaço de convívio para verdadeiras Divas.

%d bloggers like this: